Óleo de capim-limão – Propriedades e benefícios

Também conhecida popularmente como erva cidreira, o capim-limão (Cymbopogon citratus) é uma importante erva medicinal e culinária, amplamente utilizada na América do Sul e Central, sudeste da Ásia e no Caribe. Por ter um aroma de limão, é frequentemente utilizado em sabonetes, perfumes, desodorantes, loções e outros cosméticos. Mas além dos seus usos mais comuns, o capim-limão também possui um óleo essencial poderoso e de baixo custo, que pode ser usado de diversas formas, a fim de se obter as propriedades e os benefícios da planta em sua forma mais pura (o óleo essencial).

Óleo de capim-limão - Propriedades e benefícios

Foto: Reprodução

Propriedades e benefícios do óleo

  • Quanto às suas propriedades medicinais, podemos listar: antisséptico, fungicida, bactericida, desodorante e adstringente.
  • Trata dores provenientes do reumatismo.
  • Alivia dores causadas pela indigestão.
  • Alivia os nervos.
  • Reduz as incômodas dores de cabeça.
  • Alivia irritações.
  • Evita tonturas.
  • Trata de diversos tipos de infecções na pele.
  • Diminui a oleosidade do couro cabeludo e da pele.
  • Repele alguns insetos e evita o mofo.
  • Repele parasitas que possam atacar animais de estimação.
  • Previne celulites.

Modos de uso do óleo essencial de capim-limão

  • Em aromatizadores elétricos – Apenas para espalhar o aroma do óleo pelo ambiente e expulsar possíveis insetos.
  • Banho de banheira, diluindo o óleo em óleo vegetal, leite ou álcool. Neste caso, ajuda a relaxar o corpo e a mente após um longo dia de trabalho.
  • Colar aromático, de cerâmica ou mandala de prata, para relaxar e manter a mente equilibrada durante o dia.
  • Compressas, frias ou quentes (depende da ocasião). Elas devem ser colocadas sobre a área desejada – A que estiver com algum problema, como irritação, por exemplo.
  • Em duchas, pingando algumas gotas no box do chuveiro, para relaxar durante o seu banho.
  • Em escalda pés, acrescentando o óleo diluído em álcool de cereais a 4 litros de água. Isso irá amenizar as dores dos pés cansados e ajudar a revigorá-los.
  • Em gargarejos, misturando água, mel e o óleo, para problemas de irritação na garganta. Atenção: não deve ingerir a mistura.
  • Em inalações, por alguns minutos, com o rosto exposto ao vapor do óleo na água quente/morna.
  • Em massagens, associado a outros óleos (vegetais ou não) ou base cremosa vegetal. Dependendo do local, a massagem pode servir para o alívio de dores ou combate à celulite.
  • Em sprays, para passar roupa, diluído em álcool de cereais e água.

Tome cuidado

Quando utilizá-lo, tenha bom-senso e evite exageros, pois o óleo essencial de capim-limão costuma irritações na pele se usado em grandes quantidades.