Óleo de cedro – Aplicações, benefícios e propriedades

O óleo de cedro comum é diferente do óleo essencial de cedro, enquanto o primeiro é usado para dar brilho em móveis de madeira, o segundo anda sendo muito utilizado em banhos de imersão, onde as propriedades medicinais dele são aproveitadas. Artrite e cistite são apenas algumas das doenças que são tratadas com o uso contínuo do óleo.

Óleo de cedro

Foto: Reprodução

Aplicações

A propriedade terapêutica mais importante do óleo essencial de cedro é com certeza o seu poder de sedação. Ele é incrivelmente relaxante, ajuda pessoas com dificuldades para dormir, alivia o estresse, a ansiedade e a maioria das tensões.

Os benefícios conseguidos através do uso frequente de óleo de cedro são sentidos de forma mais intensa quando o tratamento é feito a base de inalação. Ele é absorvido pelo corpo e estimula a cura de doenças diversas, entre elas a cistite e a psoríase.

Pessoas que sofrem com coceira, artrite, dermatite e qualquer tipo de irritação cutânea devem usar o óleo, mas principalmente em forma de banhos e massagens. Por ser um excelente expectorante, em forma de inalação o óleo combate principalmente o catarro nos pulmões. Fungos também são eliminados com o uso do óleo de cedro, que combate infecções internas e externas.  Também é dito que ele melhora a aparência da pele e ajuda a tonificar os músculos.

Mais benefícios

  • Muito utilizado para casos de acne, caspa e pele oleosa.
  • Ajuda no crescimento capilar.
  • Afasta insetos, como moscas e mosquitos.
  • Tem poder diurético, ajudando a acabar com os líquidos retidos.

Contraindicações

Por ser muito concentrado o óleo essencial de cedro deve ser usado em pequenas quantidades (Leia atentamente a embalagem do produto e converse com o vendedor). Ele pode provocar tontura, vômito e irritações na pele se usado em excesso.  Mulheres grávidas devem evitar o uso do óleo, em qualquer quantidade, ele estimula o útero, causando contrações. Em casos graves,  pode até levar ao trabalho de parto prematuro.

Pessoas que estiverem fazendo tratamentos que utilizam medicamentos considerados fortes, só podem usar o óleo após a autorização prévia do médico. Em todo caso, é aconselhável sempre procurar uma aromaterapeuta antes de iniciar  o tratamento sozinho.

Como usar

Para ter acesso a todos as propriedades terapêuticas que o óleo essencial de cedro contém, você pode escolher qualquer um desses procedimentos, eles garantem o mesmo nível de absorção do óleo:

Banho de Banheira – A banheira é um ótimo lugar para sentir os efeitos do óleo de cedro. Faça um  banho de imersão:  Em uma banheira cheia coloque até 20 gotas e permaneça por no mínimo 30 minutos.

Aromatizador de ambientes – Use aromatizadores elétricos ou réchauds cerâmicos com algumas gotas de óleo diluídas em água e deixe sua casa com um cheiro agradável enquanto se aproveita dos benefícios do óleo. Use 5 gotas para cada três metros cúbicos de alcance.

Massagem – Use o óleo para massagear as suas articulações e músculos, caso eles estejam doloridos. Você também pode misturar o óleo ao seu hidratante preferido e usar no corpo todo.

Inalação – Acrescente 4 gotas de óleo essencial em um 1 litro de água quente. Coloque a mistura em um recipiente e posicione sua cabeça. Cubra a cabeça com uma toalha e mantenha os olhos fechados. Inale por no mínimo 10 minutos.