Óleo de alho – Propriedades e benefícios

O alho é um tempero comum na culinária de vários países – incluindo o nosso –, mas ele não é só um ingrediente que melhora o sabor da nossa comida. Dois dentes (são chamadas de “dentes de alho” as suas folhas escamiformes) de alho por dia, por exemplo, trazem inúmeros benefícios para a nossa saúde. Seja cru, refogado ou em rodelas, seu uso é versátil, tornando fácil encontrá-lo em supermercados e feiras, fazendo com que o alho se torne um ingrediente quase obrigatório nas cozinhas de todo o país.

Fora da culinária, o alho já foi bastante utilizado como remédio (hoje em dia, ainda é, mas em menor frequência). Em receitas com chás, por exemplo, pode ser combinado ao limão, resultando num poderoso chá de “limão com alho”, que previne e trata gripes e resfriados com eficiência.

Mas além de seus usos tradicionais, o alho também possui um óleo, que pode ser obtido através do alho picado, amassado e marinado em óleo vegetal por 24 horas ou através de destilação a vapor. Este óleo preserva a maioria das propriedades funcionais para a nossa saúde contidas no alho e ainda vem com um bônus: não deixa  o famoso “bafo de alho” após o seu consumo.

Óleo de alho - Propriedades e benefícios

Foto: Reprodução

Propriedades

  • Antioxidante
  • Anticancerígeno
  • Regula o colesterol
  • Anticoagulante
  • Ativa o sistema imunológico

Benefícios

A principal recomendação para o uso do óleo de alho é em caso de afecção catarral, gripe, resfriados e infecções do aparelho respiratório. Além disso, também é frequentemente utilizado para o tratamento de diversos problemas na pele e vermes intestinais. Outros benefícios são:

  • Estimula a secreção de enzimas digestivas (isso reduz a formação de toxinas intestinais).
  • É antioxidante, e combate os radicais livres e o envelhecimento precoce.
  • Previne o câncer de próstata e estômago.
  • Impede que o colesterol ruim se estabeleça nas paredes dos vasos sanguíneos – isso diminui as chances de formação de placas ateromas.
  • Aumenta o bom colesterol (HDL).
  • Inibe a formação de coágulos sanguíneos.
  • Fortalece o sistema imunológico, por conter propriedades antibióticas.

Este óleo possui vitaminas A1, B2, B6, C, aminoácidos, adenosina, enzimas, sais minerais (como o ferro, o selênio, o silício e o iodo), alicina, ajoeno e outros compostos.

Contraindicações

É contraindicado em casos de: mulheres em fase de amamentação, recém-nascidos, pressão baixa, úlceras, dermatites, acidez de estômago, hipertireoidismo, hemorragias, pré e pós-operatórios, trombocitopenia, tratamento com alguns tipos de anticoagulantes, medicamentos que controlam o nível de açúcar no sangue e alguns anti-inflamatórios.

Como consumi-lo?

O consumo recomendado do óleo de alho é através de cápsulas. Mas ele pode ser consumido de outras formas, isso e a dosagem do mesmo devem ser discutidos com seu médico, que irá recomendar corretamente, baseado no que seu corpo precisa.