Óleo de canola – Benefícios e propriedades

Dentre os óleos existentes no mercado, o óleo de canola é o menos utilizado na dieta dos brasileiros. Alguns não o adquirem devido ao preço elevado em relação aos outros óleos. Em outros casos, não o adquirem pela falta de conhecimento em relação aos seus benefícios à saúde e nutrientes. Geralmente, as pessoas têm medo de comprar produtos que nunca ouviram falar ou não têm certeza de sua procedência. Aprenda a partir deste artigo que o óleo de canola pode ser uma boa pedida no cardápio!

Óleo de canola - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

A canola tem sua extração a partir de uma planta chamada Brassica napus. Estudos já comprovam que uma das maneiras de prolongar a qualidade de vida a partir do retardamento do envelhecimento cardiovascular é realizando a substituição dos óleos comuns pelo óleo de canola, devido ao mesmo possuir gorduras insaturadas e auxiliar no controle do colesterol e prevenir contra doenças cardíacas. Estudos e revistas também já comprovaram que o óleo de canola é rico em ômega 3, ácido graxo que nosso corpo não produz sozinho e sua única fonte de ingestão é a partir de alimentos ricos no gênero. Com a ingestão do ômega 3, pode-se controlar a pressão arterial e aumentar o colesterol bom no sangue. Vale ressaltar também que este óleo faz bem ao coração, evitando entupimento de artérias e vasos sanguíneos, que podem resultar em problemas graves de saúde.

Benefícios do óleo de canola

  • O óleo de canola é nutritivo: Suas gorduras insaturadas fazem bem ao coração, pulmões, rins, medula óssea, intestinos, músculos e sistema nervoso.
  • Tem função de regular a temperatura do corpo, proteger órgãos vitais como o coração, mantém a elasticidade cutânea e é condutor de vitaminas para o cérebro.
  • Rico em ômega 3, que controla taxas sanguíneas e evita entupimento de artérias. Rico em vitamina E e excelente antioxidante.
  • Seu sabor e aroma nos pratos são bastante agradáveis.

Cuidado com excessos!

  • Consuma com certa moderação o óleo de canola. Apesar de mais saudável que os outros óleos, ele não deixa de conter gorduras e calorias. Ingira apenas o necessário.
  • É necessário certas precauções quanto ao armazenamento do óleo de canola. Não o deixe sob temperaturas elevadas. Isto pode danificar seus nutrientes, produzir toxinas e causar alterações de cor e consistência.
  • Faça uso do óleo de canola, de preferência, em pratos frios ou pouco refogados.