Óleo de damasco – Benefícios e propriedades

O damasqueiro tem um nome curioso, mas é uma árvore “comum”, que pode atingir de 3 a 10 metros de altura e, dentre outras características desta planta (sua origem na China e na Sibéria, suas flores brancas ou rosas, etc.), destaca-se o seu fruto: o damasco.

Apesar de ter o nome “conhecido” em território brasileiro, o damasco não é muito comum quando falamos de seu plantio, pois, o damasqueiro nem sempre se dá bem com o solo do nosso país. Contudo ele pode ser encontrado à venda em vários locais, além de ser um ingrediente para vários produtos alimentícios. O que poucos sabem, é que o damasco produz um óleo, que é extraído de suas sementes. Este óleo concentra as propriedades medicinais do damasco e, obviamente, oferece muitos benefícios para o nosso organismo.

Óleo de damasco - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Propriedades

  • Cicatrizante
  • Relaxante muscular
  • Antisséptico
  • Anticancerígeno
  • Fonte de ferro
  • Regulador intestinal
  • Expectorante

Benefícios

Para começar a lista de benefícios do óleo de damasco, está o fato de que ele é extremamente eficaz em cuidados com a pele, pois além de manter a pele com uma ótima aparência, também relaxa os músculos e auxilia na cicatrização de feridas – tratando também eczemas, sarnas, coceiras e psoríase. Esses benefícios para a pele são, em sua maioria, “causados” por ácido oleico e linoleico, muito presentes no óleo de damasco.

O óleo também possui caroteno, que é um importante fator para prevenir diversos tipos de câncer. Além disso, também possui vitaminas A, B1, B2, B3, B5 e C, ferro, cobre, potássio, sódio e magnésio. Estes componentes ajudam no tratamento de anemia, por exemplo, pois o cobre e o ferro auxiliam a produção de hemoglobina. Os cabelos também sentem a diferença com tantas vitaminas presentes no óleo de damasco, eles ficam mais brilhantes, sedosos e fortes.

Ele alivia dores fortes de úlceras, estômago e dores provenientes do canal auditivo. Também ajuda no tratamento de doenças respiratórias, como a bronquite e a rinite, que são bem comuns. Por fim, também atua na desobstrução do “trânsito” intestinal, regulando-o.

Como utilizar o óleo de damasco

  • Para cabelos: Misture algumas gotas de óleo de damasco com o seu shampoo.
  • Limpeza de pele: Aplique o óleo no rosto com a ajuda de um algodão embebido em água morna.
  • Dores de ouvido: Coloque poucas gotas na área afetada.
  • Úlceras (de estômago): Tome uma colher (de chá) em jejum.

Atenção!

O óleo de damasco não possui nenhuma contraindicação, apenas é recomendável a suspensão de seu uso em casos de intolerância individual – como alergia.