Óleo de gergelim é rico em benefícios e emagrece

O gergelim, propriamente dito, é na verdade uma planta. O que costumamos chamar de “gergelim” são suas sementes oleaginosas (pequenas, amarelas, alvas, marrons ou pretas, arredondadas e um pouco comprimidas), frequentemente utilizadas em pães, bolachas, temperos, sucos, molhos e saladas. Mas o óleo de gergelim expande ainda mais o seu uso. Livre-se do pensamento de que o gergelim é apenas o ornamento de alguns pães: o seu óleo pode ajudar quem deseja ter uma barriguinha definida.

Sementes de gergelim

Foto: Reprodução

Tipos de gergelim

  • Branco
  • Marrom
  • Preto

Entre estes três tipos existentes de sementes de gergelim, o preto é o mais eficiente para quem deseja emagrecer, pois possui mais óleo em sua composição, o que aumenta seu poder antioxidante.

Propriedades e benefícios

Exceto o preto, que se diferencia por ser mais antioxidante, todos os tipos de gergelim possuem as mesmas propriedades e benefícios:

  • Rico em fibras, o que ajuda na digestão.
  • Rico em nutrientes que dão a sensação de saciedade.
  • Possui ação anti-inflamatória e antioxidante.
  • Apresenta ácidos graxos insaturados que regulam os níveis de colesterol.
  • Possui muito cálcio (quatro vezes mais que leites e derivados).
  • Rico em manganês, ferro e cobre.
  • Evita o aparecimento do câncer e de Alzheimer, por conter vitamina E.
  • Previne a anemia.
  • Atrasa o aparecimento de cabelos brancos.
  • Participa do fortalecimento dos ossos.
  • Melhora a imunidade do nosso corpo.
  • Possui vitaminas do complexo B.
  • Mantém a produção do principal hormônio da tireoide adequada.
  • Ajuda na coagulação sanguínea.
  • Ajuda no transporte de oxigênio para todo o nosso corpo.
  • Evita a flacidez.
  • Ajuda no crescimento, reparação e renovação dos tecidos.

Emagrecendo com o óleo de gergelim

A combinação de ácidos graxos e ômega 3 presentes no óleo de gergelim atua diminuindo a inflamação e o aumento da circunferência da nossa “indesejada” cintura. Além disso, as fibras também são importantíssimas nesse processo – só é preciso ter cuidado para não esquecer de beber bastante água.

Contudo, o excesso de consumo deste óleo ou das sementes pode causar o efeito contrário: gordurinhas a mais. Tenha cuidado e consuma, no máximo, uma colher de sobremesa de óleo de gergelim por dia, que é o recomendável. Não esqueça de combinar o uso do gergelim com uma dieta saudável, para resultados mais visíveis na perda de barriga.

Ainda não sabe como consumir o óleo de gergelim? Dê preferência na hora de preparar saladas, sopas e molhos, fica simples e delicioso.