Óleo de semente de abóbora – Benefícios e propriedades

A abóbora também é conhecida no Brasil como jerimum, e é uma figura muito presente na culinária do nosso país. Ela é o fruto da aboboreira, uma espécie nativa da América do Sul. Porém, apesar da abóbora ser bastante utilizada, poucos tem conhecimento sobre o óleo de semente de abóbora. Este óleo é, obviamente, retirado das sementes da abóbora, prensado a frio – conservando as principais propriedades físico-químicas de seus elementos e potencializando seu sabor, cor e aroma.

Óleo de semente de abóbora

Foto: Reprodução

O óleo de semente de abóbora apresenta uma cor parecida com a do fruto (alaranjada) e possui um odor e sabor que também lembram o fruto. Além disso, apresenta muitos benefícios para o nosso organismo.

Propriedades e benefícios do óleo de semente de abóbora

  • É rico em carotenoides, poderoso antioxidante.
  • É um dos alimentos mais ricos em fibras já pesquisado.
  • É chamado de “prozac natural”, pois contém altas doses de triptofano, uma substância que acaba causando um efeito de calmante natural.
  • Possui magnésio, que protege o nosso sistema imunológico e fortalece os músculos do nosso corpo.
  • Elimina substâncias tóxicas e nocivas que ficam alojadas na parede do nosso estômago, protegendo-o de doenças.
  • Inibe a formação de células cancerígenas.
  • Previne manchas na pele e a suaviza.
  • É um poderoso anti-inflamatório.
  • Ajuda no tratamento de variados problemas de visão.
  • Possui ácidos graxos, proteínas, sais minerais, zinco, magnésio, potássio, vitaminas do complexo B, sais do ácido fólico e outras substâncias.
  • Trata de doenças do sistema urinário.
  • Pode ajudar quem está com bronquite.
  • É um bom vermífugo para crianças e adultos.
  • Trata de problemas na vesícula (congestão e cálculos) e próstata.
  • Pode reduzir as taxas de colesterol e de triglicérides.
  • Ajuda a promover a saúde do nosso coração.
  • Previne e trata a temida hipertensão arterial.
  • Combate o envelhecimento da pele e das células de todo o organismo.
  • Ajuda no tratamento contra a queda de cabelo.

Como consumir e outras recomendações

Como o óleo é um concentrado das propriedades da semente de abóbora, pode ser consumido puro, por exemplo. Mas também pode ser utilizado como cosmético ou alimento (misturado a outros alimentos). Inclusive, é recomendável que seja consumido sobre saladas ou em outros preparos culinários. Mas atenção: não deve ser utilizado para fritura e deve ser consumida, no máximo, uma colher de sopa por dia deste óleo.

Para aplicações na pele, faça um teste de sensibilidade com uma pequena quantidade do produto na parte interna do braço, por cerca de 1 hora.

Não existem contraindicações ou consequências de super dosagem preocupantes, a única ressalva é que recomenda-se a suspensão do uso em caso de intolerância individual.