Óleo de cravo-da-índia – Benefícios e Propriedades

O óleo de cravo-da-índia é usado há muito tempo para combater doenças. Esse costume é facilmente percebido em mulheres mais velhas, que costumam recorrer sempre ao poder medicinal da natureza quando se deparam com alguma enfermidade. Os maravilhosos poderes do óleo de cravo-da-índia vão do combate ao catarro no peito até a colaboração no fortalecimento das unhas. Leia nosso artigo e saiba muito mais sobre este maravilhoso líquido!

Óleo essencial de cravo-da-índia

Foto: Reprodução

Benefícios e propriedades

Vários males podem ser combatidos com o uso do óleo de cravo-da-índia, que contém muitos óleos essenciais, entre eles o Eugenol, que tem ação analgésica e antisséptica. O óleo possui propriedades expectorantes fortíssimas, que eliminam o catarro do peito e aliviam a tosse, além de diminuir as dores musculares causadas pela gripe e pelos resfriados. A ação antisséptica do óleo de cravo-da-índia é tão forte que ele funciona até como antisséptico bucal, sendo muito utilizado por dentistas.

Mas é na pele que os maiores benefícios da utilização do óleo se mostram. Micoses e frieiras desaparecem com rapidez, assim como as manchas que surgem na pele e são comumente chamadas de “pano-branco”. Quando utilizado nas unhas, consegue deixá-las mais fortes e protegidas contra fungos.

O seu poder anti-inflamatório faz com que complicações sejam evitadas durante a cicatrização de algum ferimento, bem como alivia a dor causada por ele. Quando usado na pele funciona também como repelente de insetos diversos, além de funcionar como antiparasitário. Durante o nascimento da dentição nos bebês o óleo alivia a dor e o formigamento, quando misturado com água e aplicado nas gengivas em movimentos suaves.

Como fazer

Você encontra o óleo de cravo-da-índia em lojas especializadas em produtos naturais e feiras, mas também é possível fazer o óleo em casa. Importante lembrar que o óleo deve ser armazenado em um recipiente de vidro, em local seco e fresco longe dos raios solares diretos.

Tome nota:

  1. Junte 30 gramas de cravo-da-índia e cerca de 200ml de óleo de oliva ou girassol;
  2. Coloque a mistura em uma panela e cozinhe em banho-maria por uma hora;
  3. Espere esfriar totalmente antes de pôr o óleo no recipiente onde ele ficará guardado.

Quem não pode utilizar?

O uso do óleo de cravo-da-índia não é recomendado para gestantes e crianças. Mulheres em período de amamentação só podem fazer uso do óleo após prévia autorização médica. A dose máxima recomendada é de 3 miligramas diárias, caso esse limite seja ultrapassado ele é considerado tóxico.